terça-feira, 29 de setembro de 2009

O que diz a Bíblia a respeito dos anjos?

Pergunta: "O que diz a Bíblia a respeito dos anjos?"

Resposta: Anjos são seres espirituais, que têm inteligência, emoções e vontade. Isto é verdadeiro tanto para anjos bons quanto para anjos do mal. Os anjos possuem inteligência (Mateus 8:29; II Coríntios 11:3; I Pedro 1:12), demonstram suas emoções (Lucas 2:13, Tiago 2:19; Apocalipse 12:17) e demonstram que têm vontades (Lucas 8:28-31; II Timóteo 2:26; Judas 1:6). Os anjos são seres espirituais (Hebreus 1:14), sem um corpo físico real. O fato de não terem corpos não muda o fato de terem suas personalidades (o mesmo ocorre com Deus).

O conhecimento dos anjos é limitado por serem criaturas. Isto significa que eles não sabem tudo o que Deus sabe (Mateus 24:36). Entretanto, parece que têm um conhecimento maior do que os humanos. Isto pode ocorrer por três razões: (1) Os Anjos foram criados como uma ordem superior de criaturas no universo, em comparação aos seres humanos. Por este motivo, é de sua natureza possuir maior conhecimento. (2) Os anjos estudam a Bíblia e o mundo de forma mais completa que os humanos e assim obtêm conhecimento (Tiago 2:19; Apocalipse 12:12). (3) Os anjos adquirem conhecimento através da longa observação das atividades dos seres humanos. Diferentemente dos humanos, os anjos não têm que estudar o passado; eles o viveram. Assim, sabem como os outros agiram e reagiram em determinadas situações e podem então prever com grande exatidão como nós vamos agir em circunstâncias parecidas.

Apesar de terem vontade, os anjos são, como todas as criaturas, sujeitos à vontade de Deus. Os anjos bons são enviados por Deus para ajudar os crentes (Hebreus 1:14). A seguir, algumas atividades que a Bíblia atribui aos anjos:

A. Eles louvam a Deus (Salmos 148:1,2; Isaías 6:3).
B. Eles adoram a Deus (Hebreus 1:6; Apocalipse 5:8-13).
C. Eles se regozijam nos feitos de Deus (Jó 38:6-7).
D. Eles servem a Deus (Salmos 103:20; Apocalipse 22:9).
E. Eles se apresentam perante Deus (Jó 1:6; 2:1).
F. Eles são instrumentos dos julgamentos de Deus (Apocalipse 7:1; 8:2).
G. Eles trazem respostas às orações (Atos 12:5-10).
H. Eles ajudam a ganhar pessoas para Cristo (Atos 8:26; 10:3).
I. Eles observam a ordem cristã, obra e sofrimento (I Coríntios 4:9; 11:10; Efésios 3:10; I Pedro 1:12).
J. Eles dão encorajamento em tempos de perigo (Atos 27:23-24).
K. Eles cuidam dos justos no momento da morte (Lucas 16:22).

Os anjos são de uma ordem completamente diferente da dos humanos. Os seres humanos não se tornam anjos após a morte. Os anjos nunca se tornam e nunca foram seres humanos. Deus criou os anjos da mesma forma que criou a humanidade. Em nenhum lugar a Bíblia afirma que os anjos foram criados à imagem e semelhança de Deus, como foram os humanos (Gênesis 1:26). Os anjos são seres espirituais que podem, até certo ponto, assumir forma humana. Os humanos são basicamente seres físicos, mas com um aspecto espiritual. A maior coisa que podemos aprender dos anjos é sua obediência instantânea e sem questionamentos às ordens de Deus.
Fonte: http://www.gotquestions.org/Portugues/anjos-Biblia.html



Para saber mais sobre anjos acesse:
http://www.jesusvoltara.com.br/info/anjos.htm
http://www.vivos.com.br/22.htm
http://www.portalangels.com/anjosnabiblia.htm

domingo, 20 de setembro de 2009

5 Ensinamentos sobre a Salvação de nossa Alma








Fonte: http://www.pilb.t5.com.br/
Acesse para outras informações

Inerrancia Biblica, pte5 Licao9 4Trim2008,





Inerrancia Biblica, pte5 Licao9 4Trim2008, EvHenrique, EBD NA TV Licoes Biblicas, CPAD,Complementos, ajuda aos estudantes, professores, Imperatriz, MA, Ervalia, MG, IEADI, estudos biblicos, videos aula, gospel, Igreja evangelica Assembleia de Deus, Espirito Santo, ilustracoes, figuras, mapas, LICAO 09 A INERRÂNCIA DA BÍBLIA, Evangelista Luiz Henrique, EBD, Trimestres, 5partes de 10 min, 4Trimestre de 2008.



Fonte: http://video.google.com/videoplay?docid=4969420105235230219
Visite o fonte para acessar para continuar seus estudos.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Palavras mágicas

Vídeo da cantora Eliana, cantando a música: "Palavrinhas mágicas".

video
video




Fonte: http://emprofvilmatamega.blogspot.com/

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Jogos Biblicos para realizar em Gincanas

Jogos Bíblicos: Onde se encontram?

Cada um dos participantes tem em mãos uma Bíblia e uma folha de papel onde os seguintes assuntos (ou quaisquer outros) estão escritos:
1. Abraão oferece Isaque - Gênesis 22
2. Conversão de Saulo - Atos 9
3. Davi e Golias - I Samuel 17
4. Sansão e Dalila - Juízes 16
4. Adão e Eva - Gênesis 3
5.José e sua túnica - Gênesis 37
6. Moisés na cesta de juncos - Êxodo 2
7. Noé entra na arca - Gênesis 7



Jogos Biblicos: Separe os versos

Escolha vário versos da Bíblia e escreva-os em um parágrafo sem pontuação, de maneira a parecerem uma só frase, embora estranha e sem sentido. Dê a cada participante (ou casal), uma cópia destes versos, para ver quem poderá mais rapidamente pontuá-los corretamente. Damos, a seguir, um exemplo:

E tornando a inclinar-se escrevia na terra vós julgais segundo a carne eu a ninguém julgo mas Pedro o levantou dizendo levanta-te que eu também sou homem e libertados do pecado fostes feitos servos da justiça em Cristo digo a verdade não minto porque também o corpo não é um só membro mas muitos no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito.

E tornando a inclinar-se, escrevia na terra. Vós julgais segundo a carne, eu a ninguém julgo. Mas Pedro o levantou, dizendo: levanta-te, que eu também sou homem. E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça. Em Cristo digo a verdade, não minto. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito.



Jogos Biblicos: De que se trata ?

Os participantes recebem uma lista semelhante a que damos abaixo como exemplo e procuram descobrir a natureza ou a categoria dos grupos de nomes:


1. Hermon, Sinai, Nebo - Montanhas
2. Gerah (Gerá), talentos, dracmas - Dinheiro
3. Salomão, Saul, Belsazar - Reis
4. Crisolita, berilo, jacinto - Pedras preciosas
5. Adar, Zife, Bul - Montes
6. Samuel, Débora, Gideão - Juízes
7. Bom samaritano, Filho pródigo, Dez virgens - Parábolas
8. Jordão, Eufrates, Guisom - Rios
9. Dã, José, Benjamin - Filhos de Jacó
10. Emanuel, Cordeiro, Messias - Nomes de Cristo
11. Belial, Belzebu, Serpente - Nomes de satanás
12. Oráculos, Escrituras - O Livro Nomes que designam a Bíblia



Jogos Biblicos: Palavras que começam com a letra...
Monte Homem da Bíblia Mulher da Bíblia Cidade Rio


Entregue a cada participante uma folha com colunas e linhas (vide exemplo acima). Escolha uma letra, como por exemplo letra E . Todos deverão tentar escrever o nome de um monte que comece com a letra E, bem como o nome de um homem da Bíblia que comece com E, e assim por diante. Quem terminar primeiro cada letra, vai marcando pontos. Determine o número de pontos que fará com que um participante seja declarado vencedor.



Jogos Biblicos: Perguntas e Respostas

Dois pedaços de papel e um lápis são dados a cada um, que deverá escrever uma pergunta bíblica em um dos pedaços de papel, colocando a resposta correta em outro. As perguntas são colocadas numa cesta, e as resposta, noutra, sendo redistribuído, depois, a cada participante um papel de cada cesta. Alguém começa lendo a pergunta recebida, e a pessoa que tem a resposta certa deverá levantar-se e lê-la dentro de trinta segundos. Se não o fizer, qualquer que saiba poderá responder, e quem tiver o papel com a resposta pagará uma prenda. O jogo continua, fazendo a nova pergunta sempre quem tiver a resposta anterior.



Jogos Biblicos: Adivinhe quem é

Você deverá escolher personagens biblicos e tentar fazer com que os participantes, descubram quem ele é, somente representando suas características ou fatos relacionados a eles, através do uso de mímica (não vale escrever nada, nem falar). Quem souber, vai acumulando pontos.

Exemplos: Noé (arca), Jonas(baleia), Davi(Golias), Daniel(Leões), Salomão (templo), Elias (carro de fogo), Gideão (porção de lã), Sansão (cabelos compridos), Josué (trombetas), José (túnica de várias cores), Judas...



Jogos Biblicos: ABC...

Formam-se dois ou mais grupos. Um dos Grupos inicia a brincadeira dizendo um verso que comece com a letra A, O outro da direita, diz logo a seguir, um versículo que comece com a letra B, e assim por diante. Se algum grupo não puder dizer um verso que inicie com a letra que lhe cabe, o próximo poderá dizê-lo, ganhando assim o ponto. Quem marcar menos pontos, paga prenda.



Jogos Biblicos: Bombardeio de Perguntas

Divida o auditório em grupos contendo o mesmo número de pessoas e distribua-os pelos diferentes cantos da sala, cada grupo escolhe um representante.

Os membros do grupo se reúnem e escolhem algum objeto ou o nome de um personagem encontrado na Bíblia, que deverá ser adivinhado pelos outros. Cada representante vai, então, para um grupo diferente.Quando o representante de outro grupo chega no círculo, todos os membros do mesmo lhe dirigem perguntas, às quais só podem responder ou , . O grupo que descobrir o objeto ou o personagem escolhido bate palmas ruidosamente. Podem ser escolhidos novo representantes e o jogo recomeça.

Fonte:http://www.linksdejesus.com/jogosbiblicos.asp

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O milagre da panela

Veja nesse vídeo como você também pode contribuir para divulgar a palavra de Deus.
Sempre podemos falar de Jesus, de Deus, basta termos coragem.




Fonte: http://www.novotempo.org.br

Animais da Bíblia

Livro para crianças
O livro está em espanhol, porém, você pode utilizar como referência e pesquisar na Bíblia os textos e assim desenvolver um belo trabalho com os anjos sem asas, que são as crianças.


Estudo Bíblico em Vídeos

15 vídeos para você aprender mais sobre Deus e Jesus Cristo.
Não esqueça de seguir seus ensinamentos, mandamentos.
Só saber não vale nada, temos que agir.


Bíblia Falada

Ouça a Bíblia.
Para isso selecione o Livro, Capítulo e Língua (Português, Inglês, Espanho e Chines) que deseja ouvir e bom estudo!



quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Aula de Teologia 08 - A Chamada de Abraão

Fonte: http://www.youtube.com/user/ICPweb

Bíblia para Crianças: Abraão (Antigo Testamento)


A história de Abraão está no livro de Gênesis do Antigo Testamento da Bíblia.Nesse vídeo, foram utilizados os desenhos da Bíblia para Crianças lançada pela Editora Canção Nova http://shopping.cancaonova.com

O quadro "A Bíblia para Crianças" faz parte do programa Cantinho da Criança, exibido pela TV Canção Nova todos os dias, das 09h às 09h30 e reprisado das 18h30 às 19h.

http://blog.cancaonova.com/cantinho


Fonte: http://www.youtube.com/user/cantinhocn

Citações bíblicas

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (1Cor. 13:4-7)

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. (2Cor 1,3-4)

A graça do Senhor Jesus seja com todos. (Ap 22, 21)

No princípio Deus criou os céus e a terra. (Gn 1,1)

O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; mas os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução. (Prov.1:7)

Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. (Mat 5:3)
Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas. (Mat 6:14-15)

Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho. (Salmos 119:105)

Fonte: http://tudocomfoto.com

Pregação - Jesus e a Tecnologia - Juanribe Pagliarin

Fonte: http://www.youtube.com/user/noticiasdoevangelho

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Salmo 91

Salmo 91 na voz de Cid Moreira.




Fonte: http://www.youtube.com/user/anjoasd

Cid Moreira_Historias da Biblia em Video_ A Origem de Tudo

As mais belas historias da Biblia, narradas pela voz marcante de Cid Moreira.




Fonte: http://www.youtube.com/user/sandropagodinho

1 / 21 - OUVINDO A VOZ DE DEUS - A Bíblia Sagrada




* ESTA SÉRIE DE ESTUDOS ESTIMULA O NOSSO RELACIONANTO COM DEUS E A ACEITAÇÃO PLENA DE SEUS ENSINOS E A VIVENCIA DO ESTILO DE VIDA CRISTÃO
* SÉRIE COMPLETA, 1 Á 21 LINK:
http://br.youtube.com/pastororiel



Fonte: http://www.youtube.com/user/pastororiel
Acesse para ver outros vídeos interessantes.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Estudo Biblico 2

Para pessoas que buscam conhecer mais intimamente a Deus.


Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=3Bw8mWcWKTg

domingo, 6 de setembro de 2009

A importância do Não - Pe. Fábio de Melo

Programa de 20/Novembro/2008. Aqui neste vídeo Pe. Fábio de Melo lê uma carta de uma psicóloga que manifesta sua tristeza em ver a vida sendo destruída tantas vezes pela falta de um "não" na vida das pessoas. Pe. Fábio nos faz refletir que as grande tragédias são alimentadas aos poucos, uma série de pequenos detalhes que falham é que geram a tragédia. As pessoas precisam ser formadas para poder evitar estas tragédias, e a verdadeira educação só ocorre quando há um equilíbrio entre o sim e o não. Desde criança a pessoa precisa aprender à lidar com o sim e o não que recebe à todo momento. Crianças que sempre têm suas vontades satisfeitas se tornam verdadeiros monstros sociais.



Fonte: http://www.youtube.com/user/fcpfloripa

Palestra "Vire a Página" - Pe. Fábio de Melo

Emocionante homilia de 19/10/2008 às 11:00, ministrada por Pe. Fábio de Melo no acampamento de oração de 17 a 19/10/2008, com o tema: "Quando o sofrimento bater à sua porta".




Fonte: http://www.youtube.com/user/ProdutosCancaoNova

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Achando paz com Deus

Site com várias leituras.
Inclusive palavras cruzadas para testar seus conhecimento.
Aprofunde seu conhecimento acerca de Deus, de Jesus Cristo!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

4 Passos para Deus


Site com conteúdo sobre Aceitar Jesus. Não deixe de acessar e aceite Jesus Cristo em sua vida.
http://www.jesus2020portugues.com/
Curso Bíblico On-line

Notícia Importante

Agora oferecemos o curso bíblico Jesus o Caminho, de sete lições, totalmente "on-line". Se você tentou fazer o curso no passado e não teve éxito, agora pode fazê-lo de uma maneira mais fácil. Nunca tentou fazer este curso? Que tal começar hoje?

Clique aqui para saber como fazer o curso Jesus o Caminho.

Fonte: http://www.estudosdabiblia.net/caminho.htm

Acesse para muitos outros materias.


Como orar?

"Senhor, Ensina-no a Orar"

"De uma feita, estava Jesus orando em certo lugar; quando terminou, um dos seus discípulos pediu; Senhor, ensina-nos a orar como também João ensinou aos seus discípulos" (Lucas 11:1).

A oração é importante. Todos os que querem seguir o Senhor sabem que a oração é parte essencial da vida do discípulo. Entretanto, poucos oram e muitas vezes, quando oramos, parece que lutamos para nos expressarmos a Deus. Embora possa parecer que a oração deveria vir a nossa boca como uma expressão confortável de nossa fé e confiança em Deus, ela freqüentemente parece difícil, talvez ineficaz.

Os primeiros seguidores de Jesus observaram seus hábitos de oração. Eles o viram freqüentemente procurando um lugar deserto para falar com seu Pai. Numa ocasião dessas, eles pediram sua ajuda. Também desejamos comunicar- nos com Deus como seu filho estava fazendo. "Senhor, ensina-nos a orar" (Lucas 11:1).

Jesus fez como eles pediram. Ele os ensinou como orar, tanto por suas palavras como por seu exemplo. Ele orava freqüentemente, fervorosamente e com grande fé naquele que estava ouvindo aquelas orações. Através do exemplo de sua vida, ele está ainda nos ensinando a orar.

Palavras de oração

A resposta imediata de Jesus ao pedido dos apóstolos é encontrada em Lucas 11:2-4

Então, ele os ensinou: Quando orardes, dizei: Pai, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; o pão nosso cotidiano dá-nos de dia em dia; perdoa-nos os nossos pecados, pois também perdoamos a todo o que nos deve. E não nos deixes cair em tentação.

Nem esta oração, nem a semelhante encontrada em Mateus 6:9-13, são destinadas a repetição palavra por palavra. Jesus não estava ensinando palavras para serem memorizadas e recitadas; ele estava ensinando a orar. Ele deu um exemplo que mostra que tipo de coisas devemos incluir em nossas orações. Devemos:

1. Reverenciar e glorificar a Deus: "Pai, santificado seja o teu nome". Grandes orações de grandes homens e mulheres são sempre proferidas com grande respeito a Deus. Quando Moisés, Ana, Davi, Daniel, Neemias e outras importantes personagens da era do Velho Testamento oraram, começaram com declarações de genuína reverência a Deus, como criador e comandante do universo.

2. Buscar a vontade de Deus: "Venha o teu reino". A oração não é um instrumento para manipular Deus para que faça nossa vontade. Aqui, Jesus orou pelo reino de Deus, sabendo que esse reino só poderia vir com todo o seu poder através da avenida de sua própria morte. Aqui, como na oração agonizante no Getsêmani, Jesus colocou a vontade do Pai acima de seus próprios interesses: "Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres" (Mateus 26:39). Quando vemos a oração como nada mais do que uma oportunidade de fazer pedidos a Deus, colocamos a vontade do servo indevidamente acima da vontade do Senhor. Deveremos sempre procurar fazer a vontade de Deus.

3. Reconhecer nossa dependência de Deus para as necessidades físicas: "O pão nosso cotidiano dá-nos de dia em dia". Esta não é uma exigência de abundância e riqueza. Jesus nem praticou, nem ensinou a noção materialista de que o discípulo pode "dizer e exigir" o que quer na oração. Diferentemente das orações de certas pessoas hoje em dia, que se aproximam de Deus como pirralhos mal criados exigindo tudo o que querem, Jesus mostrou aqui uma dependência de Deus para as necessidades básicas da existência diária. Precisamos de Deus todos os dias.

4. Reconhecer nossa depen-dência de Deus para as bênçãos espirituais: "Perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo o que nos deve. E não nos deixeis cair em tentação". Encontramos algumas lições valiosas no versículo 4. Primeiro, precisamos do perdão. As palavras de João 8:7 e Romanos 3:23 nos recordam nossa culpa. Pecamos. Necessitamos do perdão. Só Deus tem o direito e o poder para perdoar (Marcos 2:7). Segundo, precisamos perdoar. Nossa comunhão com Deus é condicionada a várias coisas, incluindo-se como tratamos as outras pessoas. Quem se recusa a perdoar outro ser humano simplesmente não será perdoado por Deus (Mateus 6:14-15; 18:15-35). Terceiro, precisamos do auxílio de Deus para que não pequemos. Deus não é apenas um guarda-livros registrando os pecados cometidos e apagando-os depois. Ele tem poder para nos auxiliar a derrotar o inimigo. Paulo garantiu que há um jeito de escapar de cada tentação (1 Coríntios 10:13). Jesus "é poderoso para socorrer os que são tentados" (Hebreus 2:18). Ele nos deixou um exemplo perfeito de obediência para encorajar nossa fidelidade (1 Pedro 2:21-24). Na hora de sua mais difícil tentação, Jesus voltou-se para seu Pai em oração fervorosa. Depois daquelas orações ele saiu do Getsêmani preparado para suportar o poder das trevas, e sofreu o ridículo e a morte para cumprir a vontade de seu Pai. Jesus encontrou o auxílio necessário quando apelou para seu Pai, em oração.

Exemplos de oração

Pouco é registrado das palavras específicas com que Jesus orou. Podemos aprender muito simplesmente observando quando, onde e por quê Jesus orou.

1. Quando Jesus orou? Ele orou em horas de grandes provações, tais como o exemplo já citado de suas orações no Getsêmani, poucas horas antes de sua morte. Ele orou momentos antes de grandes decisões. Lucas 6:12-16 conta o dia em que Jesus escolheu os doze homens aos quais seria dada a responsabilidade de levar o evangelho ao mundo. Note o que ele fez antes de selecioná-los; "Retirou-se para o monte, a fim de orar, e passou a noite orando a Deus" (Lucas 6:12). Ele orou antes de grandes obras. Quando Jesus se preparou para ressuscitar Lázaro dentre os mortos, ele primeiro se dirigiu ao seu Pai, em oração (João 11:41-43). Ele orou quando sua obra terminou (João 17:4).

2. Onde Jesus orou? Embora as orações de Jesus nunca fossem limitadas pelo tempo ou pelo espaço, é claro que ele freqüentemente procurou um lugar e uma hora livre e sem interrupções para falar com seu Pai em oração. Ele freqüentemente subiu a montes, ou saiu para um jardim, e tipicamente escolheu a noite ou o amanhecer, quando haveria menos distração com o mundo apressado. Tais hábitos eram tão típicos da vida de Cristo que Judas sabia exatamente onde encontrá-lo embora só estivesse estado em Jerusalém poucos dias (João 18:1-3).

3. Por que Jesus orou? As circunstâncias das orações de Jesus sugerem motivos imediatos para oração: tentações, provações, tristeza, momentos decisivos, etc. Mas estes são realmente apenas o reflexo de uma razão maior pela qual Jesus orou. Jesus valorizava sua comunhão com o Pai. Como alguém que entendia melhor do que qualquer outro homem jamais entendeu o privilégio de andar com Deus, Jesus queria manter essa íntima relação com seu Pai. Tendo a escolha entre multidões de homens e seu Pai, Jesus freqüentemente escolheu a companhia de Deus. Quando tinha que escolher entre o sono e a oração, Jesus encontrava o profundo rejuvenescimento de que necessitava, não no descanso físico, mas na conversa espiritual com seu Pai.. Estas orações de Jesus nos ensinam algumas lições muito valiosas sobre o privilégio de sermos chamados filhos de Deus.

O que os discípulos aprenderam?

Os apóstolos pediram instruções sobre como orar. Jesus deu-lhes mais do que palavras, quando mostrou um exemplo consistente de fé em suas orações. Teriam eles aprendido? Dois breves episódios na parte inicial do livro de Atos mostram que eles aprenderam a importância da oração.

Depois que Pedro e João foram perseguidos e passaram algum tempo na prisão por causa de sua pregação, eles encontraram outros cristãos e oraram juntos com confiança, pedindo coragem para continuar sua obra (Atos 4:23-31). Sua citação da poderosa mensagem do Salmo 2 mostra que eles entenderam que o poder da oração é encontrado no poder daquele que ouve essas orações: o Deus que se assenta nos céus.

Quando confrontados com as necessidades físicas das viúvas na igreja de Jerusalém, os apóstolos reconheceram a importância desse serviço e guiaram a igreja na seleção de homens adequados para cuidar do assunto. Mas note, no texto, a razão pela qual os próprios apóstolos não desviaram sua atenção: "E, quanto a nós, nos consagraremos à oração e ao ministério da palavra" (Atos 6:4). O cuidado das viúvas não era para ser negligenciado, mas os apóstolos cuidadosamente reservaram tempo em suas vidas para a oração. Eles tinham javascript:void(0)aprendido bem a importante lição do exemplo de Jesus e de seus hábitos de oração.

- por Dennis Allan


Fonte: